A torção de ovário é um problema que afeta milhares de mulheres todos os anos, embora, para os especialistas o problema seja considerado raro.

Mesmo assim, é uma situação que precisa de muita atenção, pois pode ser muito grave. Por isso, é muito importante que a mulher conheça seu corpo e observe alguns sinais de quando algo não está normal.

Vamos ver agora tudo o que envolve a torção de ovário e quais os tratamentos.

O que é torção de ovário?

Torção de ovário nada mais é quando uma trompa de falópio ou um dos ovários torça dentro do seu organismo, causando uma dor insuportável.

Esse assunto não é tão comentado e esclarecido entre a população, mas é preciso saber que este problema pode acometer mulheres na idade reprodutiva, lactantes, grávidas, mulheres no período da menopausa, adolescentes e até mesmo crianças.

Por isso, ao menor sinal de dor na região dos ovários, o melhor é procurar ajuda médica.

O que causa a torção de ovário?

Quando um ovário se torce em torno dos ligamentos que há neles, há um bloqueio do fluxo de sangue para este órgão, o ovário e também para os tubos uterinos, por isso, tal condição precisa de um socorro médico o quanto antes, necessitando de uma intervenção cirúrgica.

Quando o problema é identificado o quanto antes, é mais fácil reverter a situação, preservando os tubos e os ovários, evitando que ambos sejam perdidos.

Uma causa específica para a ocorrência desse problema não existe, mas já ficou comprovado que quando o ovário está grande é mais fácil que ocorra acontecimentos assim. Além disso, outros fatores que podem ajudar no surgimento do problema é uma gravides nas trompas, cistos, tumores e órgãos mal formados.  

Quais os principais sintomas?

Os principais sintomas de quem está com o ovário torcido é a dor abdominal, vômitos, náuseas e muita sensibilidade pélvica. Ao surgirem estes sintomas é imprescindível procurar ajuda médica. Por isso, é fundamental que a mulher conheça seu corpo e identifique alguns sinais que ele dá.  

Tem tratamento?

Sim, é um problema que tem tratamento. Quando fica comprovado a torção de ovário, a melhor solução é um procedimento chamado cirurgia laparoscópica, para preservar as funções dos órgãos e a fertilidade da mulher.

Como fazer o diagnóstico?

O diagnóstico é feito com base no relato da paciente que está sofrendo com a torção no ovário. Após uma breve conversa com o médico, um exame chamado ultrassom vaginal será realizado para identificar o problema. Com a confirmação do diagnóstico, a cirurgia laparoscópica será o mais indicado.

Quais são as consequências da torção?

As consequências são muito graves, por isso é importante que a mulher procure apoio médico o mais rápido possível. Quando ocorre uma torção em um dos ovários, pode ser preciso retirar um ou os dois órgãos por causa da demora no socorro, devido a necrose do órgão.

Como evitar uma torção de ovário?

Não há uma forma de evitar, mas a mulher pode identificar o problema com antecedência por meio de exames de rotina com seu médico ginecologista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *