Se você gosta de exercícios casuais, vai à academia todos os dias ou compete em partidas ou eventos regulares, é bom entender os efeitos que o álcool pode ter no desempenho esportivo e no condicionamento físico.

Efeitos do álcool no desempenho esportivo

O álcool é prejudicial ao desempenho esportivo por causa de como afeta o corpo fisicamente durante o exercício e seus efeitos adversos nas funções cerebrais.

Incluindo o julgamento – que prejudicam o desempenho esportivo.

O álcool também é um diurético e a bebida pode levar à desidratação porque o álcool reduz a quantidade de urina que nossos rins absorvem.

Os exercícios nos fazem suar quando a temperatura corporal aumenta. Portanto, a sudorese combinada e o efeito diurético do álcool tornam a desidratação muito mais provável.

Precisamos estar hidratados quando nos exercitamos para manter o fluxo normal de sangue pelo corpo, o que é essencial para que o oxigênio e os nutrientes cheguem aos músculos e todos os órgãos do corpo.

Se o seu problema é maior do que uma bebida casual, a recomendação é entender como tratar alcoolismo.

Corpo x álcool

O álcool interfere no metabolismo do corpo. O consumo de álcool causa um aumento na secreção de insulina, o que leva a um baixo nível de açúcar no sangue (também conhecido como hipoglicemia).

O exercício requer níveis normais de açúcar no sangue para nos fornecer energia. Então, simplesmente, depois do álcool, os níveis de açúcar no sangue cairão e nosso desempenho esportivo não será tão bom quanto de costume.

O álcool compromete nossas habilidades motoras, equilíbrio, coordenação olho-mão e tempo de reação, o que afeta negativamente nosso desempenho e aumenta o risco de lesões.

É importante beber bastante água para nos mantermos hidratados, para repor a água perdida com a atividade física e, se bebermos álcool após o exercício, beber água adicional é essencial para prevenir a desidratação.

Fazer exercícios no dia seguinte a beber

Uma ressaca afetará seu desempenho nos exercícios. Mesmo sintomas leves de ressaca, como dor de cabeça e hipersensibilidade a estímulos externos, como luz e som, podem ter um impacto em nossa capacidade de ter o melhor desempenho.

E como o álcool interfere no sono, fazer exercícios no dia seguinte ao consumo pode levar a uma sessão de treinamento de qualidade inferior ou desempenho esportivo.

Beber também aumenta o risco de ritmos cardíacos anormais, às vezes perigosos. Este é um risco que aumenta significativamente durante o exercício, até dois dias após o consumo excessivo de álcool.

Para obter o máximo da sua sessão de exercícios e evitar riscos à sua saúde e desempenho, é melhor passar o álcool pelo menos um dia e uma noite antes.

Álcool e ganho de peso

As bebidas alcoólicas contêm muitas calorias. Portanto, vale a pena lembrar que o álcool contribui para o ganho de peso.

A maneira mais simples de evitar o ganho de peso devido ao álcool é reduzir o consumo de álcool e, definitivamente, não depender de ‘queimar’ o excesso de calorias do álcool por meio de exercícios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *